Início » Crimes Cruéis » Christina Grimmie, cantora assassinada por um fã obcecado

Christina Grimmie, cantora assassinada por um fã obcecado

Assassinada por um fã que fantasiava um relacionamento amoroso, Christina Grimmie teve sua vida e carreira musical interrompidas aos 22 anos de idade.

Christina Victoria Grimmie nasceu em 12 de março de 1994, em Nova Jersey. Ela tinha um talento especial para música desde muito pequena, e graças ao incentivo do pai, aos 10 anos de idade já tocava piano e cantava.

Quando ela tinha 15 anos criou um canal no YouTube para postar seus covers, chamado de zeldaxlove64. O trabalho de Christina na internet ganhou muitos fãs, e em janeiro de 2012, perto de atingir a marca de 2 milhões de inscritos, ela se mudou para Los Angeles para dar sequência em sua carreira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No ano de 2013, os vídeos de Christina Grimmie atingiam em torno de 350 milhões de visualizações e ela chegou a ser convidada pela cantora Selena Gomez para abrir todos os shows de sua turnê.

No ano de 2014, Christina chamou atenção dos jurados quando fez o teste para a sexta edição do Programa The Voice. Ao final da competição ela ficou em terceiro lugar e a fama que alcançou neste momento lhe proporcionou viver o auge de sua carreira.

Christina e Adam Levine do Maroon 5. / Foto: Instagram @adamlevine

Christina ficou muito amiga de Adam Levine durante o programa The Voice, e ele chegou a dar declarações públicas e desejar forças para a família da garota após sua morte.

O seu último show

Christina Grimmie vivia de fato o melhor momento de sua carreira. No dia 10 de junho de 2016, aos 22 anos, ela fez um belo show no The Plaza Life, em Orlando junto a banda BEFOREYOUEXIT.

As apresentações se encerraram por volta das 22h daquela noite, e Christina sempre atendia os fãs após o término do show. Era comum que ela tirasse muitas fotos com as pessoas, abraçasse seus fãs e até conversasse por alguns minutos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em um determinado momento, um suposto fã chamado Kevin Loibl caminhou em sua direção. Ao vê-lo, Christina abriu aos braços e deu dois passos em direção a ele no intuito de abraçá-lo, mas antes que pudesse tocá-lo ele sacou uma arma e disparou contra seu peito e cabeça.

As pessoas no local entraram em choque, muitas saíram correndo e a produção rapidamente tentou socorrer a cantora que perdia muito sangue. O irmão de Christina tentou lutar com o atirador e segurar sua arma para evitar mais disparos, mas Kevin conseguiu se soltar e correr alguns metros, neste momento cometeu suicídio disparando um tiro em sua própria cabeça.

Uma ambulância rapidamente chegou ao local, mas Christina já estava em estado crítico e acabou falecendo no hospital. A autópsia constatou que ela sofreu dois disparos em seu peito e um na cabeça.

Câmeras do local filmaram Kevin Loibl enquanto assistia o show. / Foto: Reprodução.

Quem era Kevin Loibl?

A polícia disse que Kevin portava duas armas e uma faca de caça presa no tornozelo no dia do show, todas adquiridas legalmente. A investigação sugere que Kevin tinha a intenção de matar apenas Christina e fugir, mas no momento em que foi confrontado pelo irmão da cantora a situação saiu do controle e ele percebeu que não escaparia.

Muito foi falado sobre a revista corporal na entrada do show, e realmente naquele dia o procedimento padrão de segurança não foi realizado e nem haviam detectores de metal. Segundo algumas testemunhas, os seguranças estavam mais interessados em coibir a entrada de bebidas e alimentos do que qualquer outra coisa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O gerente do hotel em que Kevin Loibl se hospedou o descreveu como “estranho”. O garoto chegou de táxi, apenas com a roupa do corpo, o dinheiro trocado para o quarto e o ingresso impresso para o show. Ele fez o check-in por volta das 13h30min do dia 9 de junho.

As camareiras chegaram a declarar que o quarto estava quase que impecável, dando a entender que Kevin havia dormido sobre as cobertas ou passado a noite toda acordado.

A família de Kevin, mais precisamente seu pai e irmão, deram declarações dizendo que ele raramente saia de seu quarto, passava muito tempo no computador, tinha poucos amigos e nunca o viram com armas ou sequer falando de Christina Grimmie.

Cory Dennington, que conheceu Kevin por 15 anos, acredita que ele era seu “único amigo no mundo”, ele disse à polícia que o garoto ficou obcecado por Christina no último ano. Ele dizia a Cory que trocava mensagens amorosas com Christina e até jogava jogos online com a cantora.

Kevin fantasiava um relacionamento amoroso entre os dois e o estopim para o assassinato poderia ter sido uma notícia que dizia que Christina e seu produtor musical teriam um affair. Motivado por ciúmes e mergulhado em uma história que ele mesmo inventou, Kevin pegou um táxi de St. Petersburgo e viajou cerca de 2h até Orlando para cometer o crime.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O atirador chegou até a fazer mudanças corporais no intuito de parecer mais atraente para Christina. Ele perdeu 22 quilos, fez cirurgia plástica em suas pálpebras, clareou os dentes e fez implante capilar.

A investigação comprovou que Christina sequer conhecia Kevin, e os dois nunca tinham tido contato. Uma ação foi movida contra o local do show, mas em dezembro de 2019 a família indeferiu o processo voluntariamente.